Segunda-feira, 18 de Maio de 2009

Todos os anos são criados milhões de novos sites/blogues em todo o mundo e todos os anos milhões de sites/blogues acabam por desaparecer, ou seja, deixam de estar activos. Em Portugal, em 2008, havia cerca de 20 mil sites/blogues activos mas, no presente, tanto pode haver mais como menos. A maioria surge atrás da curiosidade mas, passado algum tempo, acaba por extinguir-se por falta de matéria para manter viva a comunicação. Este fenómeno nunca deixará de existir e é preciso estar preparado para contornar e manter o rumo traçado, pela positiva.  

Durante 2007, foram criados 47,8 milhões de novos sites, enquanto em 2008 foram registados apenas 29,9 milhões. De acordo com o Diário Digital, o número não deixa de ser expressivo, mas é mais pequeno, quando comparado ao do ano anterior, livre dos impactos da crise económica, assim como ao de 2006, no qual foram 31,6 milhões.
O ano de 2009, porém, pode significar uma retomada, já que, no início do ano, a consultoria de Internet Netcraft, havia em todo o mundo 185,5 milhões de sites. A pesquisa de Março já revelou um total de 231,5 milhões de sites, um crescimento de 46 milhões em apenas três meses.
A maioria dos sites/blogues, incluindo os com “sede” na Região Autónoma da Madeira, aparece num determinado período com a missão de intervir sobre determinada temática, nomeadamente política. E quase todos vão assumir o lado da crítica-negra, da notícia pela negativa, o que os deixa aparentemente prisioneiros de uma corrente parcial. É o que se vê e está ao alcance de todos. No ROINESXXI a notícia gera notícia, ou seja, é a notícia pela notícia, privilegiando-se, como é óbvio, a informação que corresponda às expectativas dos seniores universitários.    

publicado por j.gouveia às 17:09


Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15

19

27
28
29
30

31


Links