Terça-feira, 01 de Dezembro de 2009

Mais de 2000 poemas, de 267 autores, do século XIII ao século XX, foram seleccionados para aquela que poderá ser, num só volume, de 2152 páginas, a mais extensa antologia poética já publicada em Portugal, «Poemas Portugueses».

Na história da edição de antologias de Poesia em Portugal, a que agora se publica, com organização de Jorge Reis-Sá e Rui Lage e selo da Porto Editora, apenas é ultrapassada em número de páginas (cerca de 3000) pela que em 1977 Alexandre Pinheiro Torres organizou para a Lello, com o título «Antologia da poesia portuguesa». Esta, porém, foi lançada no mercado em dois volumes, com cerca de 1500 páginas cada.

De acordo com o Diário Digital/Lusa, na introdução, Reis-Sá e Lage realçam como elemento de distinção da sua antologia relativamente às organizadas no passado o facto de ela ser «a primeira antologia panorâmica que abarca a poesia portuguesa desde os seus alvores, na transição do século XII para o século XIII, cerca de seis décadas após o nascimento do Reino de Portugal, até ao presente, entendendo-se por presente o ano de 2008(...). NB: Nesta antologia, é óbvio que os poetas madeirenses Herberto Hélder e Tolentino Mendonça sejam inquestionavelmente citados.

publicado por j.gouveia às 22:52


Madeira

Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
15
16
17
18
19

21
22
23
25
26

27
29
30
31


Academia na Imprensa






Galeria Academia Sénior


RUTIS - Algarve 2009
Contador de Visitas
Contador de visitas
Contactar Blog:

Nome
E-Mail
Assunto
Msg

Utilizadores Online
online