Terça-feira, 20 de Outubro de 2009

“O meu desejo é voltar a escrever só para mim. Nunca imaginei que me fosse acontecer o que me aconteceu”, sublinha António Lobo Antunes. “Escrevo como uma pereira dá peras». Quem o diz é o escritor, 67 anos, nas vésperas do lançamento formal do novo livro “Que Cavalos São Aqueles Que Fazem Sombra No Mar?. Em entrevista à Lusa, António Lobo Antunes fala da escrita, dos escritores, da ciência e de Deus: "como Antero, sou um espírito naturalmente religioso".

"Durante anos, até à saída da Memória do Elefante [1979], eu fazia os livros e deitava-os fora. Posso perfeitamente voltar a fazê-lo. O problema é que eu vivo disto e entretanto fui apanhado por uma engrenagem de editores, agentes, tradutores, todos estes prémios, todo este barulho à volta”.

O escritor diz que nunca empresta um livro de que goste, "porque o meu exemplar foi escrito só para mim e tenho a fantasia de que os outros exemplares dizem coisas diferentes". "Leio o Monte dos Vendavais, de que gosto muito, e ela [Emily Bronte] fez o livro para mim, sabia que eu ia nascer. Um bom livro é um livro que foi escrito para mim e que me revela a mim mesmo."

publicado por j.gouveia às 17:01


Madeira

Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

14
16

19
22
23
24

25
26
27
28
30


Academia na Imprensa






Galeria Academia Sénior


RUTIS - Algarve 2009
Contador de Visitas
Contador de visitas
Contactar Blog:

Nome
E-Mail
Assunto
Msg

Utilizadores Online
online